Coronavírus: objetos também precisam ser higienizados

precisam ser higienizados

Neste momento de pandemia, a higienize pessoal é a principal aliada no combate ao COVID-19. Um fator que pode contribuir para a disseminação da doença é a falta de limpeza em determinadas superfícies e objetos. Assim como as mãos, eles também precisam ser higienizados. Entramos em contatos com eles muito mais do que com outras pessoas. Portanto, no atual momento, todo cuidado é pouco e se prevenir é a melhor forma para isso. Tal recomendação é da Organização Mundial da Saúde (OMS).

 

Como higienizar objetos corretamente?

 

Já é de conhecimento de todos que usar água, sabão e álcool em gel para limpar as mãos é o adequado. Porém, devemos fazer o mesmo com objetos e superfícies? A resposta é não. Deve-se ter muito cuidado principalmente com aparelhos eletrônicos.

 

Para limpar objetos e superfícies de móveis, por exemplo, deve-se usar sempre uma flanelinha ou um pano, nunca utilizar a água diretamente. Dependendo do material dos mesmos, o contato direto com o líquido pode danificá-lo. Além do sabão, pode ser utilizado detergentes também.

 

Outros cuidados importantes

 

Se o tecido de suas roupas permitir, use água quente na lavagem. Separar roupa de pessoas infectadas não é necessário e lembre-se: limpe os cestos onde as roupas sujas ficam guardadas.

 

O celular é o eletrônico mais usado em todo o mundo e também deve ser higienizado. Para isso, desligue o aparelho e limpe-o com um pano umedecido com álcool isopropílico. Já a capa protetora, pode ser limpa com álcool em gel normalmente.

 

Previna-se!

 

Como dito anteriormente, a limpeza das mãos não é o bastante para a prevenção do novo coronavírus. Diversos outros fatores também precisam ser higienizados. O principal a se fazer agora é, se possível, ficar em casa para evitar lugares aglomerados.

 

Só vá ao médico se for extremamente necessário. Fique atento aos sintomas e para os grupos de risco também.